Toni Bou fecha o Campeonato Mundial de 2020 com uma vitória na sexta temporada

Com seis vitórias em oito possíveis, Toni Bou encerrou este curto, porém particular, 2020 TrialGP World Championship.

O piloto da Repsol Honda Team conquistou hoje o primeiro lugar no segundo TrialGP italiano realizado em Lazzate, Itália, com Takahisa Fujinami a conquistar o sétimo lugar geral no campeonato mundial.

A última corrida da temporada decorreu em condições idílicas de terreno experimental. Com o título recentemente conquistado ontem, Toni Bou mais uma vez dominou o dia do início ao fim e conquistou a sexta vitória da temporada.

Enquanto isso, o piloto japonês Takahisa Fujinami, lutava para encontrar as sensações certas e acabou postando a oitava posição. Fujigas termina assim o 2020 TrialGP World Championship com a sétima posição geral na classificação final.

Este último ensaio na Itália abre a cortina para esta curta competição mundial TrialGP para a Repsol Honda Team.

Toni Bou 1- ENSAIO: 1 ° GERAL: 1 °
“Estou super feliz com o final de semana aqui na Itália. Hoje, depois de ganhar o título ontem, pude desfrutar de um dia esplêndido com uma pilotagem bastante boa, especialmente na terceira volta que trouxe o melhor de mim e só consegui duas marcas. Obrigado a todos por esta temporada perfeita.”

Takahisa Fujinami 3 – JULGAMENTO: 8º GERAL: 7º
“Hoje eu estava muito motivado após os bons sentimentos do julgamento de ontem e do último dia em Andorra, mas não fomos capazes de continuar no caminho certo. Foi muito disputado por pontos entre todos os pilotos e no final tive de me contentar com o oitavo hoje. Não estou muito feliz com isso realmente: terminar a Copa do Mundo na sétima posição não era o que eu queria no início do campeonato. Esta temporada tem sido muito diferente da que estamos acostumados com quatro semanas consecutivas de testes e dois dias de eventos consecutivos, mas ainda assim, estou feliz por ter feito minha 25ª temporada no campeonato mundial com a melhor equipe e parceiro que poderia ter .”

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.