La Bestia vence na abertura do MotoGP

Meus amigos, que bacanas foram as corridas de estréia do MotoGP 2022. Prá começar, um horário bem mais civilizado para nós, começando as 9 horas da manhã. Este negócio de corrida começar domingo as 6 da madrugada é muito desgastante. Acaba que eu geralmente nem vejo Moto3 e Moto2 ao vivo. Mas hoje não, vi as 3 corridas.

Na Moto3 estava um pouco diferente, com o japonês Sasaki abrindo lá na ponta, mas a graça foi ver a porradaria de sempre na disputa pelo segundo lugar e a graça ainda maior de torcer pelo estreante brasileiro Diogo Moreira dando show acompanhando a turma e chegando no espetacular sexto lugar. A melhor estréia de um brasileiro no campeonato mundial. Nem Adu, nem Netinho, nem Barros conseguiram esta proeza. E tinha potencial para chegar mais prá frente, mas no final da prova faltou experiência em correr com pneus gastos na hora em que o pau come. Estava num bolo com pilotos com mais de 100 GPs nas costas. Chegou a 0.4s na frente de Foggia. Tirou muita onda, tem muito talento, tem muito potencial. Aleluia! Amém!!! Um brasileiro para torcermos.

Na Moto2 vimos Celestino Vietti largar da pole para a vitória com absoluta competência, abrindo mais de 6 segundos para Canet, o segundo, e mais de 10 para Lowes, o duplo vencedor do ano passado. Primeira corrida da nova equipe Mooney VR/46, que estréia. Canet chegou em segundo também longe do terceiro, mas a briga pelo terceiro foi espetacular, entre Augusto Fernandez, Ai Ogura e Lowes. As motos se mostravam fortes em partes diferentes do circuito, com Ogura sofrendo para se manter na terceira posição. Na última curva, da última volta, com Fernandez na frente, Ogura mete por dentro e dá uma porrada na moto do oponente. Incrivelmente nenhum dos dois caiu! Lowes, que já estava sem chances neste momento, agradeceu e beliscou o pódium. A camera quase nem mostrou Vietti e Canet, mas teve muito o que mostrar deste bolinho na disputa pelo terceiro lugar.

Tudo isso serviu de aquecimento, pois ao meio dia largaria a MotoGP e aí sim veríamos o real estado das coisas. Treino é treino, corrida é corrida. E o que vimos?

Jorge Martin é bom de pole positions, largou da frente com Enea Bastianini ao seu lado. Enea tem treinado bem com sua GP21 e assim como Bagnaia, acabou o ano de 2021 numa curva crescente de desempenho. Em terceiro, a Formiga Atômica. Uma segunda fila com Miller, Aleix e Pol, os irmãos largando lado a lado. Já foram duas filas meio inusitadas, pois cadê Bagnaia?  Cade o campeão Quartararo? Cadê as Suzuki?

Pois bem, ao apagar das luzes vermelhas vimos um fracasso quase total da largada das Ducati’s. As GP22 largaram de marcha ré, as Hondas largaram muito bem, especialmente Pol, e Brad Binder largou excepcionalmente bem, colocando a KTM lá na frente.

Comprovando a qualidade da nova Repsol Honda, em sua primeira corrida elas já foram para a ponta com Pol puxando Marc Marquez. O estranho nisso foi o fato delas largarem com os dois pneus macios, que sabemos que não chegam no final em boa condição. Ou o plano era começar no gás para abrir uma boca capaz de aguentar o declínio deles, ou a moto ainda não está 100% pronta, e precisando dos pneus macios para virar tempo… Pela entrevista de Pol na chegada, chego a conclusão que a moto precisava dos pneus macios para virar, pois não estava nos seus planos ir para ponta e abrir. Também descobrimos nesta entrevista, que a Honda além disso teve problemas de consumo, tendo que mapear para um mapa tipo CG (kkkk) no final, senão acabaria a gasolina das motos. Não é a toa que ele foi atropelado pelo Bastianini no final, a Honda em potência total não leva este couro da Ducati, tava no modo CG. Não sei o que aconteceu com o Marc Marquez, mas vi que ele não conseguiu acompanhar o Pol e foi sendo ultrapassado até chegar em quinto. Estamos vendo um novo MM, diferente no estilo de pilotagem. Ele mudou, a moto mudou.

Brad Binder largou muito bem e fez uma corrida excepcional, levando em conta que sua moto também é nova, primeira corrida da bruta. E só ele está se destacando na KTM, com Miguelito sumido, bem como a sua dupla de rookies. Remy ainda não está 100% mas beliscou um pontinho chegando em 15o. Raul chegou em 18o e último. Adoro isso, eu não gosto do Raul e torço para que Remy chegue na frente dele em todas as corridas.

Aleix Espargaro fez a sua melhor corrida com a Aprilia até hoje, chegando a apenas 2.24 segundos do vencedor da prova, logo atrás de seu irmão e em quarto lugar. Maverick chegou em 12o e daqui a pouco vai começara chorar e reclamar. Foi uma excelente estréia da nova equipe Aprilia, agora totalmente de fábrica. Só não foi melhor do que a sua antiga equipe, a Gresini, que estreou vencendo!!! Que estréia!!!!

La Bestia está em excelente forma e a sua Ducati GP21 provou estar em melhor estado de desenvolvimento do que as GP22. Pudera, fizeram mais de 20 corridas em 2021, terminaram o ano com o título de melhor moto na pista, não deu tempo ainda de as 22 estarem neste ponto de desenvolvimento. Em 2021 ele correu com uma GP19, está adorando a GP21 e é um piloto que já foi campeão do mundo na Moto2 em 2020, é rápido e tem muito talento. A equipe Gresini tem um alto astral e recebe o apoio de todos no paddock. Fausto era muito querido (leiam mais sobre a partida de Fausto Gresini clicando aqui). Todos ficaram muito felizes com a vitória da equipe. Equipe privada quando ganha é uma felicidade. Quando é a Gresini, é mais felicidade ainda. Quando é a última e mais pobrinha das equipes na pista, mais felicidade por cima. Quando quem vence é um piloto gente boa, competente e talentoso como La Bestia, aí é para comemorar muito mesmo.

De resto vimos uma decepção total com a equipe oficial da Ducati, com a má largada de seus pilotos, o abandono de Miller e com o tombo do Bagnaia, que ainda por cima tirou o Jorge Martin da pista no processo. Duas GP22 saindo da prova juntas. A Pramac também decepcionou, pois Martin largou da pole para uma posição intermediária e nunca se colocou em posição de ataque. Zarco foi parar lá atrás nas primeiras voltas, mas deve ter andado muito para roubar por milésimos o oitavo lugar do Quartararo na volta final, na linha de chegada.

A Yamaha fracassou completamente no Qatar. Quartararo está em forma, mas a moto não anda. Foi ridículo o que Zarco fez com ele na última volta. André Bertrand já aposta que ele não fica na Yamaha para 2023. Continua assim, eu também acho que não fica. Morbidelli fez 11o, Dovizioso 14o e Darryn 16o. Muito pouco para quem ganhou o campeonato de pilotos do ano passado.

A Suzuki também decepcionou um pouco, pois tinha um ritmo de corrida que não vimos na pista, Teve uma hora que Joan Mir andou prá frente, teve uma hora em que Rins andou prá frente, mas pararam de andar e acabaram chegando em 6o e 7o. Largaram de posições intermediárias, não resolveram isso ainda. Na largada não foram bem, tiveram que fazer corridas de recuperação que moem as motos. Sem falar que o novo motorzão das Burgmans deve beber mais, e talvez por isso, assim como as Hondas, pararam de andar prá frente… vamos pesquisar.

Então foi isso, uma boa corrida para abrir o campeonato, um vencedor inesperado, um sacode nas equipes de fábrica. Faltam muitas provas ainda para o final do campeonato, muita água vai rolar debaixo destas pontes. Que bom!! Repararam que foi a primeira corrida em 20 anos em que não tivemos Valentino Rossi na pista e nas imagens?

Gostou? Então gaste alguns segundos para ajudar o Mário Barreto no Patreon!

Um comentário em “La Bestia vence na abertura do MotoGP”

  1. Agora vou ter que acordar mais cedo ainda para acompanhar o brasileiro na Moto3 que teve a melhor estreia de um Brazuca em um mundial ! Moto2 acabei não assistindo mais aqueles motores Triumph tem um rico e desempenho muito bacana. Agora na MotoGP Miller que se cuide seu dias estão contados se não apresentar resultados rapidamente. Temos 3 pilotos para sua vagas,Jorge Martins muito veloz um pouco “cai cai”, E Bastianini que vem em uma grande crescente e quem sabe Quartararo insatisfeito com a falta de potência da sua YZR M1s !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove − 1 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.