Gajser dominante vence MXGP de Flandres e duplica a liderança de pontos no campeonato

Tim Gajser, da equipe HRC, estava em sua melhor forma no MXGP de Flandres, apresentando um desempenho quase perfeito para não apenas obter a vitória geral, mas também estender sua liderança no Campeonato Mundial MXGP 2020 para 48 pontos.

Um segundo lugar na qualificação deu-lhe o segundo gate pick e ele aproveitou ao máximo para obter excelentes largadas com a Honda CRF450RW em ambas as corridas no circuito de Lommel. Na primeira moto, o # 243 rapidamente assumiu a liderança na primeira volta e parecia extremamente confortável, puxando uma pequena liderança do pelotão de perseguição. Infelizmente, ele cometeu um pequeno erro a dois terços da corrida e caiu para o segundo lugar, onde acabou terminando. Foi uma pequena decepção, mas Gajser estava determinado a não deixar que isso o afetasse, enquanto tentava fazer backup de sua vitória geral aqui em 2019, quando chegou a dois a dois.

O evento do ano passado foi uma vitória histórica para o piloto esloveno, já que Lommel é considerada a corrida mais difícil do calendário devido à areia profunda e em constante mudança que compõe toda a instalação. Conhecido como um piloto duro no início de sua carreira, Gajser trabalhou incansavelmente para melhorar suas habilidades na areia e a segunda bateria de hoje foi um exemplo do alto nível que ele atingiu agora. Mais uma vez, ele contornou a primeira curva em segundo lugar e depois de uma volta seguindo o líder, ele fez sua jogada e nunca mais olhou para trás. A cada volta ele puxava mais um segundo para os pilotos que vinham atrás, e quando a bandeira quadriculada foi acenada, ele cruzou a linha 10 segundos à frente. Isso deu a ele dois resultados a um na vitória geral e 47 pontos cruciais na batalha pelo campeonato.

Chegando a este triplo cabeçalho belga, Gajser estava 24 pontos à frente do segundo lugar, mas agora dobrou para 48, e com mais dois eventos aqui, ele tentará aumentar essa diferença ainda mais na próxima semana. Agora, porém, ele tem alguns dias de folga, antes de correr novamente na quarta-feira, 21 de outubro, para a 14ª rodada deste campeonato mundial de 18 eventos.

Tim Gajser 243
“Desde o início do dia senti-me muito bem na pista e na moto. Na primeira bateria consegui uma boa largada, em segundo lugar na primeira curva e depois me movi rapidamente para a liderança, abrindo uma pequena folga. Infelizmente cometi um pequeno erro e caí, o que permitiu que Gautier me ultrapassasse e terminei em segundo. Na segunda bateria, fiz uma boa primeira curva e saí em segundo novamente. Passei o Jorge na segunda volta e depois tirei uma vantagem decente para controlar a corrida e levar a geral. Estou muito feliz por ter conquistado a vitória aqui, porque trabalhamos muito para melhorar na areia e esta é a corrida mais difícil de vencer. Todos na equipe têm sido ótimos e continuamos nos esforçando para melhorar cada vez mais e não posso agradecer a todos o suficiente!”

Marcus Pereira de Freitas Gerente Geral HRC – MXGP
“Que ótimo par de motos para Tim hoje. Ele realmente parecia bom e rápido durante todo o dia e se não fosse por um pequeno erro na primeira corrida, ele teria uma performance de um a um totalmente merecida. No entanto, fazer dois a um e ganhar um GP em Lommel é uma grande conquista e foi mais uma prova de como seu pilotagem na areia melhorou. Ele já venceu os dois últimos GPs aqui e também conseguiu dobrar sua vantagem de pontos no campeonato para 48 pontos, o que fecha um dia incrível.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.