Ducati fatura mais de 1 Bilhão de Euros

E a Ducati finalmente supera a marca de 50 mil motos ano e cresce o faturamento. Depois do grande investimento da Audi na operação, com a renovação de toda a linha e de uma agressiva política de investimento em marketing e na área esportiva, a Ducati finalmente está desabrochando.

Eu mesmo, duvidei que isso fosse acontecer e diversas vezes “pedi” a cabeça do Domenicali. Nas competições então… tanto dinheiro investido e tão pouco resultado, até 2022, quando papou tudo e preparou-se para continuar ganhando em 2023. Ao final, Mr. Claudio está entregando, mas demorou.

A linha de motos está muito rica, com vários estilos, todos lindos, todos bons. As V4 revelaram-se boas motos de vender, enfim, chegou um círculo virtuoso que tem potencial para crescer ainda mais. Téquinfim!!!

Leiam abaixo o release que a fábrica soltou hoje:

Ducati supera receita de 1 bilhão de euros pela primeira vez em sua história, apresenta lucro operacional recorde de 109 milhões de euros e desempenho recorde de vendas de 61.562 motocicletas entregues. A lucratividade também cresce, atingindo uma margem de dois dígitos de 10%.

Claudio Domenicali na fábrica

Claudio Domenicali CEO Ducati:
“Pela primeira vez em nossa história, ultrapassamos a marca de 60.000 motos e superamos 1 bilhão de euros em receita. Isso estabelece 2022 como o melhor ano de todos os tempos para a Ducati em vários aspectos, começando pelas grandes vendas e desempenho financeiro aos sucessos no MotoGP e no Mundial de SBK. Estamos em uma tendência positiva que nos últimos anos viu a Ducati crescer e se firmar como uma empresa cada vez mais sólida. Como uma marca que é uma expressão do Made in Italy, inovação, design e tecnologia, mantemos nosso foco em oferecer experiências emocionantes dentro e fora das motocicletas para apaixonados Ducatisti em todo o mundo”.

Henning Jens, CFO da Ducati:
“Estou feliz que, pelo segundo ano consecutivo, possamos anunciar um desempenho financeiro recorde e um crescimento no nível de lucratividade da Ducati. Alcançar esses resultados apesar da interrupção da cadeia de suprimentos que afetou fortemente o automóvel e as motocicletas ao longo de 2022 é um feito notável de todo o Grupo Ducati. Também conseguimos prosseguir com o plano de investimentos autofinanciados em I&D, infraestruturas e digitalização que estava na nossa agenda para 2022.”

A rede de vendas continuou a crescer ao longo do ano passado, aproximando-se dos Ducatisti em todo o mundo. No final de 2022, são 821 os concessionários Ducati, o maior número de sempre, que, com a adição dos novos mercados Brunei, Equador, El Salvador e Mongólia, representam a Ducati em 96 mercados.

Para 2023, a Ducati apresentou ao público oito novos modelos para completar a sua vasta gama, capaz de oferecer a todos os Ducatisti a moto mais adequada para expressar a sua paixão pelas duas rodas.

Entre os modelos mais aguardados certamente estão a Multistrada V4 Rally, a moto para os grandes viajantes e a nova Diavel V4, o modelo que ganhou o prêmio de “Bicicleta Mais Bonita do Salão” na feira EICMA de Milão. Também a novíssima segunda geração da Scrambler Ducati, que confirma a simplicidade e autenticidade que sempre representaram valores essenciais para todos os entusiastas da Scrambler Ducati, e se torna mais contemporânea, colorida e dotada de uma personalidade ainda mais viva.

A partir de 2023 e até 2026, a Ducati será a única fornecedora de motocicletas para o FIM Enel MotoE™ World Championship, que começa oficialmente em 13 de maio de 2023 no Grande Prêmio da França. Com este projeto, a Ducati estuda a fundo as tecnologias para o futuro do mundo do motociclismo, investindo e experimentando para construir expertise para estar pronta quando a tecnologia das baterias permitir a criação de uma emocionante bicicleta de estrada elétrica com peso, desempenho e alcance que os entusiastas esperar de uma Ducati.

Em dezembro de 2022, a Ducati inaugurou a nova fábrica “Finitura e Delibera Estetica” que acolherá a última fase do ciclo de produção, que consiste no acabamento final das motos realizado pela Ducati com uma abordagem de alfaiataria e atenção meticulosa aos detalhes. O novo edifício é resultado de um significativo investimento em infraestrutura totalmente autofinanciado. Os investimentos na infraestrutura da sede continuarão também ao longo dos próximos anos.

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Um comentário em “Ducati fatura mais de 1 Bilhão de Euros”

  1. Muito legal ver um resultado positivo de uma marca “pequena” mas muito valiosas em tempos turbulentos como os últimos 3 anos, Parabéns equipe Ducati!!!

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.