Catalunya 2021 – Show de Miguel Oliveira e KTM

Meus camaradas, que raiva!!! Hoje foi um daqueles dias em que eles trocam a ordem das corridas e o MotoGP foi logo depois do Moto3. Talvez por conta de briga de satélites e audiência, porque hoje também teve F1.

Depois de assistir a série sobre F1 do Netflix, que eu gostei muito, estou tentando dar uma outra chance a F1 e ver umas corridinhas, mas vou te dizer, é um saco e a transmissão uma boa merda. Basta assistir a série e ver que as imagens da F1 poderiam ser muito melhores e o espetáculo muito mais vibrante. Do jeito que é transmitido, e comparado com o MotoGP, é uma boa bosta. Quase que completamente sem graça, lamento imenso.

Voltando ao MotoGP, quando eu liguei a TV faltavam apenas 8 voltas para o final e muito da corrida já tinha passado, só tínhamos 15 pilotos na pista. Já tinham caído Rossi, Marc Marques, Aleix Espargaró, seu irmão Pol, Danilo Petrucci e Lekuona.

Só vi os finalmente quando Miguel Oliveira segurou a ponta, quando Fabio Quartararo começou a ter problemas e Zarco deu o bote.

Sobre a KTM podemos dizer que o novo chassi fez mágica não é? Pois Miguelito fez segundo em Mugello e hoje venceu na moral. Binder vinha fazendo uma boa briga com Bagnaia, algo surpreendente se compararmos com o início da temporada e com o que estão fazendo Petrux e Lekuona com o chassi velho.  Quem vocês acham que vai dançar para abrir espaço para Remy Gardner? Eu voto em Lekuona, acho que Petrux ainda não teve tempo de se ajeitar na moto, mas pode ser que ele dance. Miguel é preciso, é cerebral, é rápido, com três vitórias e outras que virão por aí, está se tornando o maior piloto da KTM. Este negócio que eu ouvi na transmissão, de que ele fez uma boa escolha de pneus é balela, todos os nossos leitores sabem que a KTM sempre anda com pneus duros na frente. Sempre, ela precisa disso.

Zarco poderia estar surfando esta onda aí, mas abandonou o barco no meio e ainda não venceu no MotoGP. Tem que vencer se quiser melhorar no MotoGP. Sabemos que não é fácil vencer de equipe satélite, mas quando ele teve nas mãos uma moto de fábrica, KTM, abriu o bico. Agora vai ter que se virar com esta Pramac aí. Sorte dele que o queridinho de Gigi, Bagnaia, também ainda não venceu. Tem aí mais uma temporada e meia para vencer. Hoje fez de novo um corridasso, chegou a botar uma pressão no Miguel nas voltas finais. Continua em segundo do campeonato e ainda abriu mais pontos de Jack Miller e Francesco Bagnaia. Muito bom para ele.

Fabio Quartararo hoje novamente entregou a vitória, com seus problemas. Parece-me, li que, ele errou no início, caiu para sexto e sua recuperação até chegar na ponta custou-lhe pneus para o final. Isso, somado ao bizarro problema do macacão, e mais um erro no final, custou-lhe o pódium. Sobre o macacão um parêntesis, eu já acho bizarro que ele corra sem a “segunda-pele” que todos os pilotos usam. Diz ele que o macacão abriu e que o protetor de peito caiu com ele tentando fechar. Sua punição, ao contrário do que disse a transmissão, foi pelo  macacão aberto e não  por ter cortado caminho.  Errou o operador de caracteres da TV  que transmitiu a corrida, levando ao erro os nossos bravos locutores e comentaristas! Vejam aqui a punição imposta a Fabio Quartararo.

Opa, escrevi bobagem, foram 6 SEGUNDOS de punição, maior sacanagem com o francês. Estas punições estão me enchendo o saco; https://www.motogp.com/en/news/2021/06/06/quartararo-handed-further-three-second-catalan-gp-penalty/377918

Daí cairiam MM e Aleix

Miller e Bagnaia estão fracassando segundo o pensamento ducatista oficial, pois afinal, segundo eles, estão na melhor moto do universo, e levando pau de uma Yamaha que anda muito menos, de uma Suzuki que anda muito menos e agora de uma KTM. Do jeito que a banda toca lá dentro da garagem vermelha, vai rolar um ai meu Deus daqui a pouco, com acusações e troca de pilotos.

Nem vi Mir na pista, que fez uma corrida sólida, chegando na frente de Viñales. Mir andou reclamando aos 4 ventos que sua Suzuki é ótima, mas é a mesmíssima moto do ano passado. Os outros estão evoluindo mais e que ele precisa de mais peças para defender seu título. Já é uma pequena diferença na equipe, afinal ele agora é um campeão, tem mais moral para reclamar. E Davide Brivio deve fazer falta na equipe.

Na MotoE nem tenho o que falar. Não imagino o que pode ter acontecido na largada, pois moto elétrica não morre né? Pois é, a moto do Eric “morreu” na largada, foi obrigado a largar dos boxes em último, fez a melhor volta da prova e quando estava em décimo, na última volta, com chances de pegar pelo menos um oitavo lugar, levou mais um estabaco. Difícil.

Vamos ter que aguardar a coluna do nosso amigo e colaborador André Bertrand, que viu a corrida toda e deve ter mais para falar dela.

Gostou? Então gaste alguns segundos para ajudar o Mário Barreto no Patreon!

2 comentários em “Catalunya 2021 – Show de Miguel Oliveira e KTM”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.