Pecco vence na Holanda!

E Pecco, que ontem na Sprint Race, foi segundo, venceu o danadinho do Bezzecchi no GP da Holanda. O danadinho foi segundo desta vez.

É aquilo, quanto mais estas motos andam, melhores vão ficando. Inclusive, e supreendentemente, as motos estão virando mais rápido nos GP’s do que nas Sprint Races. Tudo porque estão usando os dados da Sprint e do Warm-up para acertar melhor as motos.

Hoje na largada o Brad Binder saiu muito bem. Foi logo ultrapassado pelo Bagnaia mas fez um jogo duro com a Ducati do Bezzecchi. Foi bom porque pudemos curtir a diferença entre as motos, que é pequena. Mas a Ducati, mesmo a GP22 da VR46, anda com mais compostura e folga, está freando mais equilibrada do que a KTM. Isso parece estar dando uma maior margem ao piloto e aos pneus.

Uma vez livre do Binder, Bezzecchi já estava longe do Bagnaia, e nunca pode atacar. Bagnaia apresentou-se irrepreensível na corrida de hoje.

No final vimos Brad Binder pisar no verde e novamente ser penalizado e acabar fora do pódium. Uma pena. Binder tem se revelado um Marc Marquez para a KTM, pois só ele tem andado bem com a moto. Jack Miller é rápido, mas não chega. Miguel Oliveira estava andando bem e por isso não aceitou ser rebaixado na equipe, indo para a Aprilia.

Aprilia que hoje, andando com a asa quebrada, fez uma excelente corrida. Aleix é um guerreiro, sempre, e tivemos um pódium totalmente italiano nas marcas. Viva Itália.

Fabio Quartararo levou um tombasso logo no início, levando com ele o Zarco. Largou péssimamente, indo de quarto para décimo terceiro, uma largada típica de Maverick Vinales. Também não sei o que o Zarco estava ali fazendo atrás dele, não é lugar de uma Ducati GP23.

Caiu muita gente e hoje Marc Marquez não caiu porque não correu. Senão cairia. De maneira um tanto suspeita, foi declarado inabilitado para correr, mas o que se diz é que ele e a Honda entregaram os pontos, não dá mais. MM quer disputar corridas, a Honda não consegue no momento fornecer um equipamento capaz de colocá-lo nesta posição. Ele não é mais um garoto, agora qualquer tombo quebra alguma coisa, e ele sempre caiu demais. Só que antes ele caía, não quebrava e no final ganhava. Agora cai, quebra e não ganha nada. Alguma novidade vai sair dali… aguardemos.

Agora vem o verdadeiro break de verão, aquele durante o qual as equipes trabalham internamente e podemos esperar que a Ducati volte ainda mais forte. Pecco Bagnaia abriu mais de 30 pontos na ponta do campeonato, Bezzecchi encostou no Jorge Martin, teremos uma segunda parte do campeonato com muita coisa para ver e torcer.

Bons pilotos quebrados poderão se recuperar, como Mir, como MM, como Pol, como Enea, como Oliveira… descansemos.

Boas férias Fausto Macieira!

 

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.