Linda homenagem ao Kentucky Kid!

Ao final do GP dos EUA agora no domingo passado, Marc Marquez desfilou com uma bandeira americana estilizada, com um grande número 69 nela. Fiquei muito emocionado, foi uma homenagem muito sensível e bonita, justa e merecida, para o grande campeão Nicky Hayden, que nos deixou de forma tão estúpida.

Estamos vivendo uma época tão imediatista, onde as pessoas perdem a relevância com muita rapidez. Tem uns 3 anos, eu estava dando uma palestra dentro da TV Globo, para funcionários do departamento de pós-produção de vídeo, dentro do PROJAC e simplesmente, dos quase 30 presentes, mais de 20 não sabiam dizer quem foi Hans Donner.

Imagino então que muita gente não sabe, não lembra quem foi Nicky Hayden, o campeão do MotoGP de 2006. Campeão contra Valentino Rossi, contra Max Biaggi, contra Alex Barros, contra Loris Capirossi, contra Dani Pedrosa…

Nicky começou a correr nos GP’s em 2003, direto no HRC Repsol, contra todos os espanhóis da equipe. Uma má vontade absurda com o moleque. Mas a American Honda peitou e meteu ele lá, era bom para os negócios. E ele foi o vencedor em Daytona 200 e do AMA Superbike. Chegou e foi Rookie of the Year em 2003. Foi companheiro leal de Alex Barros em 2004.

Vejam mais sobre ele clicando aqui.

Excelente piloto, simpático, ralador, gente boa, leal, sempre sorrindo, não era à toa que era o queridinho dos patrocinadores. Primeiro e único americano campeão de MotoGP.

Nicky em Jacarepaguá

Obrigado Marc Marquez, a molecada precisa saber em foi Nicky Hayden, para sempre campeão.

 

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. É Mestre em Artes e Design pela PUC-Rio. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.