3X La Bestia!

Caraca! Que corridasso o MotoGP hoje.

Enea Bastianini venceu lindamente, rodando como um relógio, sem se intimidar com as motos vermelhas de fábrica, virando rápido, deu um bote certeiro que tirou o Pecco Bagnaia de seu estado de serenidade. Enea é rápido, entendeu bem a moto e sua equipe é boa. Três vitórias no ano é um resultado incrível para uma equipe satélite. E a cada vitória ele fica com mais moral, vai acostumando a si mesmo e os seus adversários de que ele é um vencedor. Não treinou tão bem, mas largou bem, foi prá cima e venceu. Sensacional.

Cheguei a pensar que a Ducati Corse poderia mandar a Gresini segurar a onda, pois sabemos que para eles, apenas a Corse é a “boa”. Mas nem, La Bestia botou prá quebrar. Me divirto vendo a cara sem graça de Tardozzi e Ciabatti… Kkkkk, parece que o diretor de transmissão de TV também, porque ele sempre me mostra isso.

Pecco Bagnaia vinha fazendo uma ótima corrida após largar da pole position, mas ficou visivelmente desestabilizado com a passada do Bastianini, que foi linda, apertadinha, corajosa, técnica e leal. Na real, ficou puto. Deu o troco com raiva logo na frente, mas parece que perdeu a mão, desconectou-se da moto por alguns segundos, tentou andar mais do que o conjunto permitia e caiu. Meu Deus… não podia. A imagem dele andando sozinho voltando para o box a pé foi incrível. A situação de desconsolo ficou clara. Este diretor de TV é muito bom.

Curiosidade… vcs sabiam que a transmissão é gerada de Barcelona? Para as pistas vão só as câmeras, mas a direção, montagem, efeitos, transmissão, é feita da Espanha. Incrível.

Miller fez ótima corrida, andou o que conseguiu. Não deu para segurar Bagnaia e Bastianini, mas deu para segurar o resto todo. Estava feliz pelo bom resultado e por estar na frente do Pecco na pista e no campeonato. Como está na marca do pênalti para sair da equipe, parece estar curtindo sua última temporada.

Aleix Espargaró está tirando todo o suco da sua RS-GP. Erra pouco, quase nada e teve que segurar o Quartararo fungando no pescoço dele durante boa parte da prova. A Yamaha estava um tiquinho mais rápida, mas é aquilo, é só ficar na frente dela, não errar, que ela não passa. A Aprilia retoma bem, é ágil também, não é à toa que está em segundo no campeonato. E está surrando Maverick Viñales.

Fabio Quartararo largou péssimamente, e isso acabou com a sua corrida. Especialmente em uma pista difícil de ultrapassar. Quase pegou pódium, andou forte colando na Aprilia, mas devido as características de sua moto, não conseguiu passar, mesmo estando mais rápido. E ele não consegue ficar o tempo todo colado, a temperatura do pneu aumenta e ele tem que afastar um pouco, esfriar o pneu e tentar de novo. Perdeu pontos para La Bestia e Espargaró, mas minimizou os estragos.

Uma pena a queda das duas Suzukis, estavam rápidas. Razoáveis as corridas do Zarco e, para o momento, do Marc Marquez. De resto, mais um tombo do Martinator, mais uma atuação apagadíssima das outras Yamahas e da KTM.

Eu não apostaria na vitória do Enea Bastianini hoje, mas Miller em segundo e Aprilia em terceiro não são mais novidade. O campeonato está quente! Que venha a próxima!

Gostou? Então gaste alguns segundos para ajudar o Mário Barreto no Patreon!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 + 10 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.