Toni Bou continua invicto no Trial

Mais uma noite mágica em ‘La Catedral’ com Toni Bou em busca do 16º título do X-Trial

O piloto da Repsol Honda Team, Toni Bou, conquistou mais uma vitória em Barcelona e continua invicto na temporada 2022 do World X-Trial após a quarta vitória consecutiva. Gabriel Marcelli ficou de fora da final.

A 45ª edição do Barcelona Indoor Trial provou ser outro evento fascinante para Toni Bou e os 4.800 espectadores presentes no Palau Sant Jordi. O piloto catalão da Repsol Honda Trial Team conseguiu a décima quinta vitória em ‘La Catedral’, onde apenas cinco meses antes também havia triunfado, conquistando o décimo quinto título indoor no processo. Gabriel Marcelli, por sua vez, foi prejudicado pela queda da semana passada e subsequente lesão em Madri e não conseguiu fazer melhor do que o sétimo lugar no Palau Sant Jordi.

Na primeira rodada, os pilotos foram forçados a enfrentar algumas seções tecnicamente exigentes. Toni Bou teve a melhor pontuação da primeira rodada, com 8 pontos, enquanto Gabriel Marcelli ficou a um passo de fazer o corte para a próxima rodada com uma contagem de 23 pontos. Na segunda rodada, Bou foi mais uma vez o melhor piloto com 9 pontos de penalidade. A final viu um confronto entre o piloto da Repsol Honda Team com os rivais Adam Raga e Matteo Grattarola que foi por água abaixo, com a vitória final mais uma vez conquistada pelo piloto catalão.

Após o julgamento de hoje no Palau Sant Jordi, Toni Bou entra no intervalo do calendário do Campeonato Mundial de X-Trial como líder claro, com um total de 87 pontos e uma vantagem de 30 pontos sobre Adam Raga, segundo na classificação geral. Enquanto isso, com os dois pontos conquistados em Barcelona, ​​Gabriel Marcelli ganha uma posição e sobe para o quinto lugar na classificação geral.

O próximo compromisso da Repsol Honda Trial Team no X-Trial World Championship será no sábado, 8 de outubro, daqui a seis meses, em Andorra. Lá, Toni Bou terá sua primeira chance de selar o Campeonato Mundial de X-Trial pela 16ª vez consecutiva. A rodada final do Campeonato Mundial de X-Trial será no dia 21 de outubro em Marselha.

Toni Bou 1
CORRIDA: 1º CLASSIFICAÇÃO: 1º
Estou muito feliz com a forma como a noite foi. Fiz algumas coisas incríveis, mas também cometi um grande erro na final. Possivelmente, entrei um pouco nervoso, fiquei um pouco curto no primeiro passo e foi surpreendente ficar lá. Felizmente, reagimos rapidamente porque eu sabia que a próxima seção era muito importante e complicada e sabia que o julgamento seria ganho lá. E foi assim que ficou. Hoje consegui marcar mais 22 pontos no campeonato. É incrível como começamos este Campeonato Mundial de X-Trial, com quatro de quatro vitórias possíveis e só perdi um ponto de bônus em todas as rodadas. Estou muito feliz com a forma como as coisas estão indo, embora Adam esteja em grande forma e esteja dificultando as coisas para mim. Agora é hora de desligar dos eventos indoor, mas estou ansioso para ir a Andorra.

Gabriel Marcelli 38
CORRIDA: 7º CLASSIFICAÇÃO: 5º
A verdade é que a queda em Madrid me afetou um pouco. Além disso, cometi alguns grandes erros que foram, sem dúvida, minha culpa. Talvez eu tenha começado um pouco mais nervoso do que o normal, vou ter que começar a controlar um pouco mais os nervos e tenho certeza que nos próximos eventos tudo será muito melhor. Estávamos muito perto de chegar à semifinal e, embora eu não estivesse 100%, acho que fiz uma volta boa o suficiente para chegar à semifinal, mas isso é um teste para você.


Takahisa Fujinami
Líder de equipe
O Gabri já tinha problemas antes do início desta prova e sabíamos que ia sofrer, mas conseguiu ser competitivo e lutou para tentar passar à fase seguinte e esteve muito perto de o conseguir. O dia de hoje também o ajudará a aprender com seus erros e tenho certeza que ele poderá corrigi-los nos próximos eventos. Estou confiante no alto nível do Gabri e sei que ele vai se sair muito melhor. Agora ele precisa se recuperar da lesão para estar pronto para o Campeonato Espanhol. E Toni é Toni. Ele ganhou a primeira volta, experimentando coisas nas diferentes seções com a próxima rodada em mente e é isso que o diferencia dos outros pilotos. Este ano, com o novo motor, ele precisou se adaptar um pouco, mas deu um grande salto e, no final, os resultados estão se materializando. Quero agradecer a toda a equipe pelo trabalho que fizeram, especialmente aos médicos e fisioterapeutas pelo trabalho que fizeram esta semana em Marcelli.

Gostou? Então gaste alguns segundos para ajudar o release Imprensa no Patreon!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.