Pecco e Ducati vencem em Jerez!

Mas foi suado!!! Eu previ esta situação na minha coluna de ontem, mas foi muito mais difícil do que se podia prever. A Ducati tem esta característica de vir acertando a moto durante o fim de semana, mas a KTM fez o mesmo. Ambas se apresentaram muito bem ontem e hoje.

A Ducati teve que trabalhar mais, pois a moto estava ruim na sexta feira, e venceu hoje uma KTM surpreendentemente muito boa de briga. Ambos fizeram uma volta final com melhores parciais, com os pneus gastos. Foi pressão até o último segundo.

A Aprilia decepcionou, após conquistar a pole position. Aleix Espargaró largou mal nas quatro largadas que teve que fazer e em momento nenhum teve protagonismo. Viñales então, sumiu. Miguelito que ontem andou bem, precisa se benzer, pois novamente levou uma cacetada e se machucou. Desta vez foi Quartararo que bateu nele e o mandou para o centro médico, perdendo a prova de hoje. Sacanagem, eu torço muito para ele.

Na corrida vimos novamente uma excelente largada de Brad Binder e Jack Miller, com as KTM acelerando forte e redondas nas curvas. Binder e Miller tem ambos um estilo agressivo mas em pontos diferentes da pista, é um pega bom de ver mas que quase não rolou, pois Binder estava um tico mais rápido hoje e ontem. Foi para a ponta e até começou a abrir, com Miller segurando o campeão Bagnaia. Mas, via-se que a Ducati estava mais lisinha na pista, sem escorregar, virando voltas rápidas e economizando pneus. Binder e Miller estavam andando no estilo Moto2, atravessando a traseira da moto nas curvas, o que certamente não é bom para os pneus.

Já estou achando meio frescura este negócio de punições do MotoGP. Não achei nada demais a primeira ultrapassagem do Bagnaia no Miller, quando ele teve que devolver a posição. E também não achei nada demais o tombo do Quartararo, que infelizmente levou o Miguel Oliveira. Marini quebrou o ombro do Bastianini e não levou punição alguma. Com este entendimento de hoje, o coice do Rossi ou a freada do Fenati seriam punidos com prisão imediata e banimento eterno.

E não deu outra, Bagnaia livrou-se de Miller e rapidamente encostou em Binder. Estudou ali um pouco e na hora certa, nem antes nem depois, passou e abriu um tiquinho para vencer. Binder fez o campeão suar, porque fez uma última volta visivelmente acima das condições dele e da moto, sacudindo tudo e chegou perto. Mas não deu. Deu a lógica. A Ducati Corse tem hoje a melhor moto, o melhor piloto e a melhor equipe na pista. Era previsível.

Novamente não vimos nenhuma japonesa em destaque, com a primeira Honda em nono com Takaaki Nakagami, mas isso porque caíram no final Zarco, Bezzecchi e Viñales que incrivelmente perdeu a corrente na última volta. Chegaria em “dôzimo” e a quase 16 segundos do vencedor. MICO.

Honda e Yamaha afundando a cada oportunidade, KTM subindo, Aprilia tentando manter e Ducati soberana, metade da frota nos top 10 e vencendo a prova. Nem vale a pena comentar a prova de Morbidelli e Quartararo, dá pena. E de Mir e Rins? Dá pena.

Eu sou meio viúva de Andrea Dovizioso e não curtia muito o Bagnaia no início, mas Gigi tem olhos de águia e o escolheu muito bem. A cada corrida eu gosto e respeito mais o seu trabalho. É rápido, seguro, técnico, simpático, trabalha para a equipe, incansável. Um campeão. Provavelmente bi-campeão.

O barco não vai rolar ainda…

Binder e Miller fizeram ambos um trabalho fabuloso, bem como Pedrosa.

O grande ex-piloto e campeão Davide Tardozzi ainda vai ter um troço no box da Ducati. Eu, e meio mundo, adoramos ver as suas reações. Tanto que o diretor já manda um camera ir lá gravar isso. Hoje o bicho quase explodiu.

Parabéns Pecco e toda a Ducati Corse, vocês trabalham muito duro e merecem todo o sucesso. Parabéns KTM, White Power e toda a equipe, vocês também trabalham duro e merecem muito sucesso.

A coluna de ontem:

Binder e KTM tiram onda na Sprint de Jerez

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. É Mestre em Artes e Design pela PUC-Rio. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Um comentário em “Pecco e Ducati vencem em Jerez!”

  1. As KTM tiveram um excelente final de semana,quando conseguirem gastar menos pneus irão dar muito trabalho as Ducatis. Já na SPrint Race irão está entre as favoritas nesta temporada. As Aprilia são muito rápidas mas precisando de melhorar muito nas largadas. As Japonesas estão passando pela pior fase após anos de domínio no MotoGp. Pecco vai se encaminhando para Bi campeonato não por estar fácil e sim pelo seu desempenho nas pistas muito sereno e competente e também por ter a melhor moto do campeonato.

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.