World Ducati Week 2022 – VUDEVU!

É meus amigos, após os anos da pandemia, voltamos em 2022 a ter um World Ducati Week, que é um evento que a Ducati promove na Itália, em Misano Adriático, com dezenas de eventos para quem curte as Ducatis.

Tem atividades na pista, fora da pista, corridas, test-drives, vendas de coisas, visitas guiadas, a presença dos pilotos… é um festão.

Eu nunca fui, nem quando presidente do DOC do Rio de Janeiro. Como presidente eu tinha um evento que eu era tarado para participar, que é o passeio dos presidentes, que chegam uns dias antes e vão de moto zanzando pela Itália até chegar na festa. Sensacional, mas nunca consegui reunir fundos para participar. O ForzaRio, o ex-DOC que presido, sempre participou, pois sempre algum membro conseguia ir.

Leiam abaixo os releases de imprensa que recebi e acompanhe o dia a dia em: https://www.ducati.com/ww/en/experience/world-ducati-week/highlights

Participação massiva no circuito de Misano no primeiro dia do grande encontro da Ducati

Misano Adriatico, 23 de julho de 2022 – O grande desfile de milhares de Ducatis foi o momento mais simbólico do primeiro dia da Semana Mundial da Ducati 2022. Um retorno emocionante para muitos Ducatisti, quatro anos após a última edição. A longa ‘Big Red Snake’, com uma participação recorde, envolveu toda a Riviera Adriática em nome de “Let’s Ride as One”, o lema do evento, e chegou à Samsara Beach em Riccione para uma festa que viu o participantes dançando ao som do DJ italiano Benny Benassi.

Tantos eventos na área foram planejados para esta edição, mas o coração do WDW está dentro do Circuito Mundial de Misano “Marco Simoncelli”: desde as primeiras horas da manhã, de fato, a Ducatisti vive uma série de experiências únicas em a pista, encontrando-se lado a lado com os pilotos da Ducati ou alinhando-se para o início do desfile junto com lendas, pilotos e gerentes da Ducati. Alguns sortudos tiveram a oportunidade de participar da “WDW MotoX2 Experience” com um piloto excepcional, Pecco Bagnaia que, surpreendentemente, quis dar um presente único aos seus fãs, ao lado de Franco Battaini, ao pilotar o biposto.

O primeiro dia desta edição confirmou o espírito da World Ducati Week, um evento único, adequado para todos os tipos de público, capaz de combinar a paixão por duas rodas com o convívio e o contato direto entre a Ducati e os Ducatisti que lotaram o paddock WDW.

Ao longo do dia centenas de Ducatisti puderam testar as suas motos nas inúmeras sessões de pista ao longo da recta e entre as curvas de Quercia, Tramonto e Curvone do circuito, andar na Panigale V4 disponibilizada pelo fabricante Borgo Panigale, ter o acerto de suas motos verificadas por técnicos da Ducati, fazer um passeio na pista em Lamborghini e Audi “táxis” conduzidos por pilotos profissionais, participar de palestras e viver as muitas experiências WDW.

Também muito apreciada pelos entusiastas é a área Adventure, adjacente ao circuito, dedicada a todos os amantes do off-road, incluindo Danilo Petrucci e Jack Miller que se apresentaram na pista de terra. Nesta área, o fabricante Borgo Panigale disponibilizou a Ducati DesertX, a Scrambler Ducati Desert Sled e a Multistrada V4 à disposição dos off-roaders. Na mesma área é possível admirar o Audi RS Q e-tron do Dakar e o DesertX com pintura inspirada na Audi.

Todas as instituições locais contribuíram para o sucesso do evento. Da Ducati um agradecimento especial à polícia intermunicipal de Riccione-Misano, à polícia de Cattolica e à polícia de trânsito pelo excelente serviço prestado nas estradas durante o desfile através de um trabalho coordenado e eficaz. O respeito pela ordem pública foi garantido pelos Carabinieri, auxiliados pelo serviço oferecido pelos Municípios de Riccione, Misano Adriatico e Cattolica, aos quais a empresa Borgo Panigale agradece por disponibilizar os homens e os meios para o evento.

LENOVO CORRIDA DOS CAMPEÕES
O destaque marcado para hoje é a Lenovo Race of Champions. Será uma verdadeira corrida com 21 pilotos da Ducati a competir nos campeonatos de MotoGP, Superbike e Supersport, que vão competir na Panigale V4 e Panigale V2 numa competição de dupla categoria com dois vencedores. No grid, entre outros, estarão Pecco Bagnaia, Jack Miller, Johann Zarco, Jorge Martin, Enea Bastianini, Fabio Di Giannantonio, Luca Marini, Marco Bezzecchi, Michele Pirro, Danilo Petrucci, Alvaro Bautista, Michael Ruben Rinaldi, Nicholas Spinelli e Oliver Bayliss. Será possível acompanhar a corrida ao vivo no site da Ducati, que transmitirá todo o evento em streaming, desde os treinos livres até a corrida.

As motos da Lenovo Race of Champions, itens únicos na configuração de corrida, caracterizadas pelo visual dos pilotos e pela mesa superior gravada a laser com o logotipo do nome do piloto, estarão à venda online a partir de 25 de julho. Os melhores clientes entusiastas da Ducati em todo o mundo poderão acessar uma venda online cronometrada, antes que a possibilidade de compra esteja aberta a todos. O sistema de e-commerce foi criado em colaboração com Drop Srl, um dos principais operadores no fornecimento de serviços de e-business.

Encerrando a noite do Dia 2, haverá o tradicional churrasco servido diretamente na reta principal da pista pelos gerentes da Ducati. Este ano será enriquecido com uma receita especial criada pelo Chef Riccardo Monco do restaurante três estrelas Michelin Enoteca Pinchiorri. Pouco depois, o Estádio Municipal de Santamonica di Misano, adjacente ao circuito, acolherá o palco de onde os pilotos irão saudar os Ducatisti. A noite continuará com um DJ set de Meduza, o trio italiano de house music com mais de 15 milhões de ouvintes de streaming, capaz de esgotar turnês ao vivo inteiras em clubes de todo o mundo.

Bagnaia triunfa na Lenovo Race of Champions à frente de Marini e Bezzecchi

Misano Adriatico, 23 de julho de 2022 – Pecco Bagnaia (Ducati Lenovo Team) foi o dominador absoluto da Lenovo Race of Champions, a nomeação altamente antecipada da Semana Mundial da Ducati, que viu os pilotos da Ducati competirem nos campeonatos de MotoGP, Superbike e Supersport esta tarde se enfrentam em uma corrida extraordinária no Circuito Mundial de Misano “Marco Simoncelli”.

Primeiro já no final da sessão de treinos livres, à frente de Marco Bezzecchi (Mooney VR46 Racing Team) e Michele Pirro (Ducati Lenovo Team), Bagnaia continuou a dominar na única sessão cronometrada oficial, conquistando a pole position em 1m36.086 e novamente à frente de Bezzecchi, segundo apenas com 77 milésimos, seguido de perto por Pirro em terceiro com 465 milésimos.

O piloto da Ducati Lenovo Team também foi a estrela indiscutível da corrida. Assumindo a liderança logo na largada, Pecco manteve-se na liderança ao longo de todas as 8 voltas programadas, marcando também a volta mais rápida em 1m35s886. Os pilotos da Mooney VR46 Racing Team, Luca Marini e Marco Bezzecchi, completaram um pódio no MotoGP, terminando a corrida em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Além dos 15 pilotos da Ducati Panigale V4 S, a corrida Lenovo Race of Champions também contou com a participação de 5 Panigale V2. O vencedor da categoria V2 foi o piloto italiano Federico Caricasulo (Althea Racing), à frente de Nicholas Spinelli (Barni Spark Racing Team) que terminou em segundo, e do piloto austríaco Maximilian Kofler (CM Racing), terceiro.

Claudio Domenicali (CEO da Ducati Motor Holding):
“Foi muito emocionante ver todos os pilotos da Ducati competirem uns contra os outros na Lenovo Race of Champions. É uma corrida única no seu género, um sonho que se torna realidade para mim. como acredito para todos os Ducatisti presentes hoje em Misano ou que nos acompanharam ao vivo de casa. Hoje quase todos os pilotos usam a Panigale V4 como moto de treino e por isso sentem-se bem com ela e ajudam-nos com as suas indicações para melhorarmos sempre. Ver Pecco Bagnaia dar a volta em Misano na Panigale V4 S em 1:35.8s, apenas 2 segundos e meio a mais do que o tempo da pole position de Superbike deste ano em Misano, com motos totalmente padrão além de pneus slick e escapamento de corrida, é a melhor demonstração do trabalho de evolução contínua feito nesta moto, e um resultado ainda mais excepcional considerando as temperaturas extremas em que a corrida aconteceu. Parabéns a Pecco, mas também a Luca Marini e Marco Bezzecchi que terminaram a prova corrida no pódio, e depois a todos os outros que se esforçaram muito, fazendo uma grande corrida e nos divertindo muito. Parabéns também ao Federico Caricasulo que venceu a categoria Panigale V2”.

Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team #63) – 1º (Categoria V4):
“Me diverti muito esta tarde. Ter sido capaz de competir na frente de toda a multidão da Ducatisti foi emocionante e me motivou a me esforçar para poder oferecer a eles um show único. Claro, ganhar sempre dá muito prazer! Foi ótimo e agradeço a todos os fãs pelo calor e pela paixão que nos transmitem!”

Federico Caricasulo (Althea Racing #64) – 1º (Categoria V2):
“Foi uma corrida muito bonita e divertida. Spinelli e eu nos ultrapassamos muitas vezes, mas no final consegui levar a melhor sobre ele no sprint até a linha de chegada. Rodamos muito rápido, a pouco mais de um segundo do ritmo de uma corrida de campeonato mundial. Estes são tempos de volta realmente incríveis quando pensamos que competimos com uma moto de produção! Obrigado a todos os Ducatisti por terem vindo torcer por nós hoje! “.

 

Gostou? Então gaste alguns segundos para ajudar o Mário Barreto no Patreon!

Um comentário em “World Ducati Week 2022 – VUDEVU!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito − onze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.