Sprint Race na França 2023

É meus camaradas, não vi a corrida. Este negócio de corrida no sábado e no domingo é duplamente demandante. Espero que o salário do Fausto Macieira tenha dobrado, porque certamente é o dobro de trabalho.

Eu estava na estrada com meu amigo Bernardo fazendo o que mais gosto, andando de moto. Fomos até Três Rios deixar uma relíquia, pegar outra e eu fui com uma semi relíquia, uma Yamaha FZ1. Vou escrever um teste.

Cheguei em casa morto de cansado e dormi. Acordei na madruga e vi um compacto da prova.

Incrível Marc Marquez quase fazer a pole no seu retorno. Imaginem MM e Quartararo de Ducati ou KTM… não que Bagnaia seja bundão, mas estes dois, especialmente MM, estão acima dos outros.

O chassi Kalex certamente vai melhorar a moto. Japonês é bom de fabricação, preço e venda. Inovação, tecnologia de ponta, os ocidentais estão na ponta hoje em dia, sempre estiveram. Lembro que quando a Kawasaki esteve no MotoGP, seu chassi era feito pela Sutter. MM andou com ele e taí, largou de segundo a pentelésimos do Bagnaia e sua poderosa Desmosedici GP23.

Com dinheiro, com o talento de MM, muito trabalho e humildade para mudar a equipe, o modo de trabalho e aprender, a Honda RC213V vai evoluir.

Hoje na corrida MM largou mal, largada quase do “tipo Viñales”, perdeu posições e depois não teve moto e saúde para correr atrás deste prejuízo. Está mais difícil ultrapassar hoje em dia no MotoGP. São questões aerodinâmicas, são questões de temperatura de pneus, e tá todo mundo rápido.

Martinator felizmente venceu. Vai fazer muito bem para a cabeça e para as ambições dele. Jorge Martin tem um plano claro, que é ser piloto de fábrica e ser campeão do mundo. Não se sente pior do que ninguém no grid. Ficou muito abalado por ter sido preterido na Ducati oficial e está na sua luta de despedir Bastianini de lá, ou ir para a Yamaha, se bem que hoje em dia parece péssima idéia.

Bagnaia largou na frente mas não teve como segurar o Martinator e nem o Binder, o “especialista” em sprint race. Mais algumas corridas e a KTM estará no nível das Ducatis. Talvez não porque não tem pilotos nem a quantidade de motos na pista que a Ducati tem, mas o fato é que a KTM achou o caminho e Binder está super bem.

Bagnaia ficou para brigar com Marc Marquez e foi bom para ele. Andar atrás olhando e depois ter que ultrapassar MM em uma corrida vale por uma pós graduação. É duro.

Mas tanto Marc, como a RCV ainda não são páreo para os garotos e suas Ducatis acertadinhas. MM estava segurando eles, que acabaram passando e deixando MM em quinto. Não está de todo ruim, é o lugar do conjunto MM+Honda no momento. Para mais do que isso tem-se que melhorar. Novamente a melhor Honda. Mir sofrendo “à Lorenzo Style”, é duro levar este pau do companheiro de equipe.

As Aprilias… andando para trás.

Mais para trás eu não vi, o compacto não mostrou nada além dos estabacos de Quartararo e Miller.

Vamos ver a corrida de amanhã…

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Um comentário em “Sprint Race na França 2023”

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.