Gresini apresenta sua equipe, motos e pilotos

E, acho, a primeira equipe a fazer a apresentação para a temporada de 2024 foi a Gresini.

Presente na MotoE, Moto2 e MotoGP, a equipe fez uma aparentemente pequena (no espaço do palco), porém muito bem produzida apresentação. Muito legais os grafismos e os bailarinos dançando integrados. Show.

Usando o mesmo azul clarinho que as diferencia na pista (usei esta técnica quando junto com o Ricardo Lyra criei o visual da Equipe MotoMundi de MX nos anos 80) as motos estão muito parecidas com as motos do ano passado. A MotoGP é a mais feia, longe, a Ducati Desmocedici GP cheia de asas e buracos na carenagem, salad box e outras sacanagens é a mais sofisticada e rápida, mas é a mais feia. Mas… para 2024 uma delas vem com uma grande diferença, um grande 93 colado nela…

A Gresini é candidatíssima ao título. Já avisou que vai começar o ano dando tudo, para aproveitar o período em que a GP23 terá a vantagem sobre a GP24, tendo os dados do ano passado e a experiência com o modelo. A GP24 demorará um tiquinho até todos entenderem melhor suas diferenças. Mesmo com Gigi Dal’Igna dizendo que este ano a diferença entre a GP23 e 24 será maior do que em 21/22 e 22/23. Os irmãos Marquez parecem estar em ótima forma e a Pramac já provou que a Ducati deixa o bicho pegar. Legal ver finalmente o Marc com um Ducatão grande no peito.

Vejam a apresentação completa, com tradução em inglês. Assim para assistir é meio chato, vão adiantando só para ver o show e pequenos trechos das entrevistas.

Depois de tudo, no final, tem entrevistas com os pilotos. Curtam!

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.