Ducati dá as cartas no WSBK em Assen

E a Ducati tirou onda em Assen, vencendo todas as corridas do WSBK de Assen, uma prova em que Jonathan Rea tem sempre um desempenho incrível. A Kawa até botou pressão na corrida da Superpole, mas Rea caiu na corrida 2 e está a 101 pontos de Bautista na corrida pelo campeonato.

As Yamahas estão andando bem… o turco Razgatlioglu, Locatelli, Aergerter e Remy Gardner estão se apresentando bem no campeonato, mas Bautista, e só ele e sua Ducati, estão sobrando na ponta. Ontem Rinaldi fracassou, andando para décimo.

Segundo Bautista, é o mais rápido que dá para ir. Ele está dando o seu máximo e sentindo-se muito bem com a moto. Esta Panigale R 2023 é mais redonda na mão dele do que a 2022. Vê-se que ele está controlando melhor a moto e as provas. A moto é mais no chão do que as Yamahas, que estão andando bem, mas sacudindo mais.

Rea e até Lowes, estão rápidos com as Kawasaki, que também parecem estar bem no chão, não parecem nervosas. Tom Sykes é que está decepcionando, andando lá atrás e sem completar as provas.

AS BMW precisam andar mais, chegar mais prá frente um pouco, pois no momento andam menos do que as Ducatis, Yamahas e Kawas, andando ali no nível das Hondas, que também precisam andar mais. Não sei dizer o que falta nelas… Scott Redding é um baita piloto, assim como Van der Mark, que inclusive levou um estabaco monstro na corrida 2.

Com a vitória de domingo a Ducati completou 400 vitórias no WSBK, Bautista 40 vitórias, o que o posicionou como o terceiro maior vencedor com a marca.

EM NÚMEROS: as estatísticas contundentes sobre as vitórias da Ducati:

400 – Ducati conquista 400 vitórias nas SBK; seus rivais mais próximos são Kawasaki em 177. Com sua 400ª vitória, foi também o 700º pódio diferente em que a Ducati esteve representada.
60 – O nº 1 em uma Ducati venceu uma corrida 60 vezes, seis pilotos diferentes contribuindo e o piloto com mais vitórias nº 1 na Ducati é Fogarty, com 24.
55 – As 55 vitórias de Carl Fogarty pela Ducati significam que ele é o mais bem-sucedido, seguido por Troy Bayliss com 52.
40 – Bautista conquistou sua 40ª vitória na Corrida 2 em Assen, exatamente 10% de todas as vitórias da Ducati.
36.840s – A maior margem de vitória da Ducati foi de 36.840s em Brands Hatch na Corrida 1 de 1993, com Giancarlo Falappa terminando à frente de Scott Russell, da Kawasaki.
3232 pilotos diferentes venceram uma corrida de SBK para a Ducati, com cinco vencedores únicos para a marca: Andreas Meklau em Osterreichring na Corrida 1 de 1993, Jamie Whitham na Corrida de Sentul 1 de 1994, Anthony Gobert em Laguna Seca na Corrida 1 1999, John Reynolds na Brands Hatch Race 1 2000 e Garry McCoy na Phillip Island Race 2 2004.
8 – Oito pilotos do Reino Unido e oito pilotos da Itália venceram corridas pela Ducati, mais do que qualquer outra nacionalidade.
4 – Os quatro títulos de Fogarty continuam sendo o máximo de um único piloto para a Ducati no Mundial de Superbike.
0,005s – A finalização mais próxima conquistada por uma Ducati foi na verdade uma Ducati 1-2 com Corser vencendo Fogarty em Phillip Island na Corrida 2, 1999.

Nicolo Bulega, venceu as duas da Supersport

Na SuperSport a Ducati venceu as duas corridas também, com Nicolo Bulega. Os italianos da equipe Aruba.it passaram a régua no fim de semana, vencendo todas as provas do fim de semana.

Granado não foi bem. Em um campeonato de tão alto nível e disputado, não se espera que ele chegue na ponta, mas ir bem para ele é chegar na frente de seu companheiro de equipe, e isso ele não conseguiu fazer neste fim de semana. Não tem moto para andar mais. Vejam que ele e Aegerter se bicavam na MotoE, mas no WSBK com uma boa Yamaha Aegerter beliscou um excelente quarto lugar.

Ó o bonitão aí. Conheçam Humberto Maier, paulista de Osasco. Pódium, muito bom.

Foi um fim de semana bom para os brasileiros nas outras categorias. Humberto Maier, que eu nunca ouvi falar, pegou um segundo lugar na segunda corrida da SuperSport 300, de Yamaha. Muito bom, muito ótimo.

E na categoria R3 bLU cRU Cup, tivemos brasileiros em primeiro, segundo e terceiro na segunda corrida, a de domingo, com Gustavo Manso (que de manso não parece ter nada), Eduardo Burr e Kevin Fontainha. Kevin foi terceiro no sábado e estão todos bem classificados no campeonato, que começou no domingo. Podemos sonhar em ganhar este campeonato.

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.