Andrea Dovizioso vai correr na temporada de 2021

Leiam abaixo o release de imprensa da Equipe SRT. Estarei torcendo muito pelo Dovi, sou seu fã. Adorarei se ele chegar na frente do Viñales, mas acho difícil que isso aconteça. Aguardemos…

Mário

O italiano Andrea Dovizioso vai juntar-se à PETRONAS Yamaha Sepang Racing Team até ao final da temporada de 2021, substituindo o compatriota Franco Morbidelli – que está indo para a Monster Energy Yamaha MotoGP.

‘Dovi’ estreou no MotoGP em 2008 depois de arrematar o título do Campeonato do Mundo de 125cc em 2004. Na sua primeira temporada na categoria rainha terminou como melhor piloto de equipe independente e conquistou a primeira vitória um ano depois. Desde a sua primeira corrida na categoria rainha, o italiano somou um total de 62 pódios, 15 vitórias e 7 pole position. Além disso, Andrea também esteve na luta pelo campeonato em 2017, 2018 e 2019 – encerrando os três anos como vice-campeão.

Marcando o tão esperado regresso ao campeonato, Dovizioso vai juntar-se à equipe da Malásia como companheiro de equipe de Valentino Rossi no resto da época de 2021, começando com o GP de San Marino neste fim-de-semana.

Voltando a juntar-se ao seu antigo companheiro de equipe Fabio Quartararo, Franco Morbidelli alinha na equipe de fábrica Monster Energy Yamaha MotoGP no Grande Prémio deste fim-de-semana. O vice-campeão de 2020 conquistou os seus primeiros pódios de MotoGP e venceu com a PETRONAS Yamaha SRT em 2020, e todos gostariam de agradecer sinceramente a Franco pelo tempo que passou com a equipe e desejar-lhe as maiores felicidades na sua promoção.

Razlan Razali
Estamos absolutamente entusiasmados com a decisão coletiva entre a Yamaha e a PETRONAS Yamaha SRT em receber Andrea Dovizioso a partir desta corrida até o final do ano. É claro que ele é um piloto extremamente talentoso e muito conceituado e estamos entusiasmados por o ver de volta ao paddock de MotoGP depois do seu ano sabático e a usar as nossas cores. Estamos muito satisfeitos com a escalação de Dovi ao lado de Valentino e por termos dois heróis da corrida em casa em Misano este fim de semana.

Claro, isso é possível porque Franky está se mudando para a equipe de fábrica ao lado de seu antigo companheiro de equipe Fábio, e estamos absolutamente encantados e animados por ele. Ele teve um desempenho notável para nós, especialmente no ano passado como vice-campeão, e essa progressão é exatamente o objetivo de uma equipe independente – desenvolver pilotos para a equipe de fábrica e ajudá-los a ter o melhor desempenho possível. Pela primeira vez, a formação da equipe de fábrica da Yamaha é composta por dois pilotos que se formaram na nossa equipa e estamos excepcionalmente orgulhosos disso. Para mim, este é um sinal claro da colaboração mais forte e profunda entre nós e a Yamaha. Estamos sempre prontos para apoiar a fábrica e acho que com essa solução e flexibilidade todos vemos um benefício claro, por isso estamos muito satisfeitos e, claro, agradeço sinceramente a Franky por todo o seu trabalho árduo e desejo a ele tudo de bom.

Andrea Dovizioso
Embora não esperasse estar de volta ao MotoGP assim, nunca fechei a porta a isso e é bom estar aqui com a Yamaha e a PETRONAS Yamaha SRT. Queria experimentar uma nova situação e estou muito feliz por estar de volta. Vai ser interessante estar em uma moto completamente diferente da que eu usei antes e estou ansioso pela experiência. Visitei a equipe em Aragon e parecia quase como se estivéssemos de novo em 2012 e sentar-me na moto Yamaha foi igualmente bom. Foi muito bom sentar-se na moto pela primeira vez e fazer os ajustes iniciais, de modo que já estamos um passo à frente do FP1 aqui em Misano. Preciso entrar na pista para entender os detalhes e teria sido melhor fazer um teste antes de entrar na corrida, mas começo sem pressão e será ótimo ir em Misano para as últimas cinco corridas da temporada.

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo®, www.motozoo.com.br, onde escreve sobre motociclismo. É Mestre em Artes e Design pela PUC-Rio. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.