Corrida Maluca!

Meus camaradas, que corrida doida!

A temporada de 2016 está bem diferente e com muita imprevisibilidade.  Já tinham os reflexos da temporada passada, com a brigalhada do Rossi com o Marc Marquez e Lorenzo… depois vieram as trocas de equipe, que a cada ano começam mais cedo.

Mas o que está embolando mesmo é a performance dos novos pneus Michelin e as dores do aprendizado da nova ECU única. Os líderes estão caindo como nunca o que faz as coisas embolarem e pilotos lá do segundo e até terceiro pelotão marcarem muitos pontos.

Como bem reparou o nosso amigo Andre Bertrand, quem diria que Hector Barbera é a Ducati com mais pontos no campeonato?

Pois é… esta combinação de regulagem das motos com pneus novos está dando emoção. Se bem que a nova ECU não dá tantos problemas para a Ducati e em menor grau a Yamaha, com muito mais experiência na Magnetti Marelli do que a Honda. E, vejam só, é a Honda que lidera com campeonato com o Marc Marquez. Tá tudo doido.

A corrida de hoje foi incrível em suas múltiplas possibilidades. Subimos a serra para ver a corrida em Itaipava, um programa padrão aqui da galera. Ducatistas unidos e confiantes, afinal Dovi fez a pole e um surpreendente Scott Redding completou a primeira fila em terceiro. Chão molhado e meu Deus…. tirando o Rossi, só tinha Ducati andando rápido na pista!!! O colombiano Yonny Hernandes (com toda a minha torcida) liderando! Quem imaginaria isso? E depois uma fila de Ducati’s que chegou a estar fazendo o pódium completo com 1, 2 e 3. Quem imaginaria isso? Lorenzo em último ou quase isso, Marc Marquz levando passadão das Ducati’s e apenas Rossi mostrou alguma competitividade no início. Quem imaginaria isso?

Aí o sonho terminou com um toró incrível. Yonny caiu antes da bandeira vermelha que interrompeu a prova, mas vinha fazendo uma prova linda. Valeram então as posições da penúltima volta completa, o que colocou Rossi de novo na primeira fila para a relargada.

Mas o que seria um sonho para Ducati, foi desmontando peça por peça, pois Dovi caiu, Petrucci caiu também. Eu já estava achando que depois disso tudo iria dar o de sempre, Rossi e Marc na ponta, faltando só o Lorenzo que continuava lá na rabeira. Mas aí o Rossi estabacou-se também e o australiano Jack Miller passou o Marc Marquez de passagem e assumiu a liderança!! Quem imaginaria isso? As bolsas de apostas em Londres deviam estar pagando 1 milhão prá cada um neste resultado.

jackmiller
Foto Crash.net

E como Marc Marquez está mudado né? Se segurou, não fez cagada, não tentou brigar com o Miller e comemorou o seu segundo lugar como se fosse uma vitória. Que foi mesmo, nestas condições. Miller passou empinando lindamente (eles devem treinar isso, só pode) e mais atrás do Scott Redding reduziu as perdas da Ducati pegando um pódium. Bacana para a Pramac. Outros que se deram bem com a parada foram Iannone, que tinha caído na última volta da parte 1 e que por isso pode voltar para a parte 2, e Lorenzo, que veio se arrastando e chegou em décimo, marcando pontos importantes sobre o Rossi.

Agora vejam como os deuses das corridas são sacanas… Jack Miller, com talvez uma das piores motos do grid, tem uma vitória no MotoGP, a primeira de um piloto privado desde Toni Elias, que já tem tempo pacas. Vinãles com Suzuki oficial e cheio das honras e contratos, não tem, hahaha.

Nestas condições difíceis, as piores motos tem vantagens, vejam o que andou Hernandes na primeira parte. O motivo é que a falta de potência ajuda no piso ruim e que os pilotos estão acostumados em andar em motos que sacondem muito mais, tirar leite de pedra é todo dia para eles. Ao contrário de um Lorenzo, por exemplo, que se a moto não estiver certinha, não anda nada.

Um barato a corrida, rimos muito, torcemos demais, demos um rolé lindo em um dia frio e ensolarado. Difícil pedir mais, talvez só uma vitória do Dovizioso.

galeraalemao
Galera em Itaipava

Abraços para todos e que venham as próximas.

Mário Barreto

 

 

Para a fauna do Motociclismo