KTM SM 990

Teste KTM SM 990Com o Paulo Garrido passando uma temporada nos States, dei-me a tarefa de sacudir sua KTM SM 990, com a boa desculpa que a moto não pode ficar parada muito tempo. De fato não é bom… nossa gasolina é uma bosta e separa gasolina, álcool e água no tanque, os pneus esvaziam, a corrente resseca, a embreagem não gosta. Nem a bateria. São muitos argumentos né não?

SM de SuperMotard. Pois bem, peguei a cavalona para um trato e acabei ficando uma semana com ela, andando para lá e para cá, além da já tradicional subida de serra até Petrópolis.

Confesso que nunca fui o maior fã do visual da SM. Gosto mais da Adventure e ainda mais da SuperDuke. Além disso é uma moto bem simples, sem nenhuma sofisticação eletrônica. Chassi, suspensões e motor, o básico.

E acaba que esta simplicidade é o seu maior trunfo. A moto não tem nada para esconder ou aporrinhar. Um motorzão que enche desde bem embaixo nas RPM’s, reações francas e previsíveis. Nada na moto tem frescura.

Alta, bem suspensa, e na tradição das KTM, sem nenhum tipo de pro-link, com o amortecedor traseiro ancorado direto na balança. Do jeito que peguei a moto estava um tanto barca, muito molenga e as suspensões WhitePower tem 28 clicks de regulagem. É muito. Endureci bastante na frente e atrás e a moto ficou muito mais obediente e determinada. Alta do jeito que é fica difícil andar muito rápido, pois como ela realmente anda, vc acaba se agarrando no guidon para não sair voando e tira muito peso da frente. Como as suspensões são boas, ela anda o suficiente para dar trabalho em trechos travados ou com buracos.

Os freios são potentíssimos e não merecem nenhum comentário. Ela não tem ABS, menos uma frescura , complicação e peso.

Uma moto polivalente, que vc pode usar no dia a dia, (mas esquenta) dar um pau na estrada e até viajar para longe, porque a posição de pilotagem é bem estradeira e a mini carenagem, por incrível que pareça, protege um pouco. A qualidade dos esquipamentos é excelente, manetes Magura, freios brembo, suspensões White Power. Tá tudo lá. E chama a atenção, com a sua cor e porte.

Curti muito e não achei defeitos além de não achar a mais bonita do mundo. Mas isso é bobagem, minha MTS muitos consideram horrososa e eu amo assim mesmo.

Obrigado Paulinho pela oportunidade. Se precisar de novo estamos aí!!!

Abraços
Mário Barreto

Para a Fauna do Motociclismo