Motegi 2017 – Dovi!

Hehe, vemos aí em cima que a Ducati tem também alguma experiência em motores de popa!

Motor de popa Ducati no Museu da Ducati. Vão zoar o nome, este é o Bambi.

Pois bem, faltando apenas 3 corridas para encerrar o campeonato, que permaneceu aberto com a linda vitória do Dovizioso no Japão, podemos dizer que:

1 – As Ducati GP17 são motos bastante evoluídas. Que a expertise extra que a Ducati Corse tinha na caixinha ECU da Magneti Marelli está valendo, pois é a moto mais constante na pista e a que melhor tem usado os pneus.

2 – Marc Marquez está carregando a Honda na costas.

Digo isso porque ele lidera o campeonato e é o único que tem conseguido andar com a RCV. Pedrosa não tem andado nada, nem Crutchlow. Só ele anda com a moto e nítidamente no limite de um envelope apertado. E tendo que combater um Dovi muito mais agressivo e sempre cerebral.

Dovi com a mão no fundo em contraesterço!

Hoje o pau comeu feio nas últimas voltas. Ambos estavam arriscando tudo e é isso que queremos ver. Nas 4 últimas voltas as motos sacudiram com força, escorregaram para os dois lados, eles abriram do Petrucci e fizeram a fotografia do campeonato. Já era mais ou menos isso, mas agora ficou certo que é apenas entre eles dois. Pensei que não fosse dar quando abriu a última volta, mas Marc errou um pouquinho e em entrevista Dovi disse que estava medindo ele… será? O fato é que o errinho do Marc deixou colar e aí, colado, seja o que Deus quiser. Deus quis Ducati na ponta, e na última curva, prá ficar mais emocionante e gostoso.

Marc Marquez insiste e repassa Dovi na última volta

A Yamaha não tem força para chegar mais, apesar dos ótimos pilotos. A M1 oficial não consegue fazer o pneu traseiro funcionar direito e ainda tem que administrar as intrigas do Rossi dizendo que a culpa ou é do Vinãles que dirigiu a realização do chassi 2018 (porque as Tech3 são melhores neste quesito, e elas são as motos 2017), e/ou culpando também a Michelin. Eles tentaram, andaram com o chassi 2017, mas não adiantou. Zarco marcou a pole e até andou bem na prova, mas todos sabem que isso não duraria a prova inteira. É muito na coragem.

Hoje a corrida foi bacana, disputada, com poucos tombos e performances de alto nível. Marc e Dovi deram show na ponta. Petrucci firmou-se com um excelente piloto na chuva, liderou durante a maior parte da prova mas os deuses das corridas não perdoam. Depois de ser “amiguinho” é difícil vencer uma prova. Na pista não tem amiguinho, sabemos.

Lorenzo largou como um foguete, como sempre, mas depois andou para trás. É pouco para o que se esperava dele na Ducati, mas Lorenzo andando forte na chuva é uma coisa que eu não esperava ver na vida. Ainda chegou em sexto, mas a 24 segundos do Dovi.

As Suzukis classificaram melhor do que o costume, com Rins mostrando serviço. A Aprilia de Espargaró também. As motos mais fracas se aproveitam das provas na chuva, principalmente no início do campeonato. No final já fica um tico mais difícil. Deve ter acontecido alguma coisa que eu não vi, que atrapalhou Zarco, Espargaró, Viñales e Rins, pois na penúltima volta Lorenzo estava em novo meio longe e Rins na frente de Ianonne. E no final Lorenzo chegou em sexto, Vinãles em nono e Iannone passou o Alex Rins…

Última curva

E vamos para as próximas corridas onde para mim acabou este negócio de pista favorável para um ou para outro. Todas as pistas são  favoráveis para a Ducati porque a GP17 está melhor. A Honda vive por conta do imenso talento do Marc e a Yamaha tem problemas. Dovi pode ser campeão, mas não vai ser fácil. E para trás o que se disputa agora é que Rossi passe o Pedrosa e que Lorenzo passe o Zarco, pois é uma vergonha que o tricampeão fique atrás no campeonato de um rookie de moto satélite. Acho que as duas coisas vão acontecer, mas não aposto em quem será o campeão.

Chegada apertada!

Abraços
Mário Barreto

 

6 thoughts on “Motegi 2017 – Dovi!”

  1. Resumo . Dovizioso foi cirurgico mais uma vez. Fez tudo certo na hora certa. Economizou pmeus , precionou e atacou. Marquez e o Rossi de anos atras sempre tentara vencer. A diferenca que o Rossi sempre saia vitorioso nos ataques da ultima volta

    1. Esta manobra de última curva do Marc tá manjada. Se ele não acaba a manobra atrapalhando a linha da Ducati, se deixa uma linha livre, a Duc acelera e leva. Não tá faltando nada na GP17 do Dovi, muito menos aceleração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *